Eficácia do óleo de prímula para a saúde feminina integrada!

Os ácidos graxos essenciais são compostos básicos para a saúde do corpo, especialmente entre as mulheres. Como as diferentes fases que acometem o público feminino caracterizam-se por mudanças expressivas no funcionamento corporal, ou por demanda ou aumento adequado de vitaminas, minerais e químicos graxos com efeitos moduladores.

O óleo de prímula é um dos componentes com maior comprovação pelos seus benefícios à saúde feminina. É composto por dois tipos de graxos ômega-6, incluindo ácido linoleico (60% a 80%) e ácido oleo- linolico (8% a 14%). Os descontos nos quais há maior necessidade de reforço extra de suplementos na vida da mulher que dão nas fases de tensão pré-menstrual (TPM) e na menopausa, se caracterizam por alterações hormonais que afetam alterações psicológicas, comportamentais e práticas. O uso de suplementos vegetais, concomitantemente a uma alimentação integrada, pode ajudar a reduzir os sintomas mais comuns, o que causa dores nos seios (mastalgia), cólicas, inchaços, dores de cabeça e cansaço, bem como problemas emocionais como irritabilidade, humor deprimido e ansiedade.

Por sua vez, a transição do climatério para a menopausa é uma condição natural da doença, que produz menos hormônios femininos, como estrogênio e progesterona, e que a menstruação é menos frequente. Nesse período, as mulheres sofrem com algum tipo de desequilíbrio hormonal, resultando em calorias (fogachos), doenças do coração, osteoporose, depressão e até doenças neurodegenerativas.

Um estudo recente, conduzido por Mahboubi (2019), avaliou o uso de óleo de prímula no tratamento de sintomas e doenças que acometem o público feminino através de estudos que associam a suplementação de cápsulas de composto em mulheres na síndrome pré-menstrual (TPM) e menopausa, investigando uma redução de sintomas como ondas de calor, mastalgia, fibroadenomas, amadurecimento cervical e dilatação. Os principais estudos clínicos confirmaram a eficácia do óleo de prímula na saúde da mulher, em uso prolongado e com duração regular de 4 ou 6 meses. 

Em um estudo clínico cego (2011) com 61 mulheres que sofreram mastalgia clínica (18 a 40 anos), houve suplementação de 3g de óleo de óleo por dia ou 600mg de vitamina E por via oral, em dois grupos. Os pacientes recebem os três vezes ao dia durante um mês, no início do ciclo menstrual. A intervenção com óleo de prímula ou vitamina E reduz a proporção de dor em 61,3%.

Como sementes do princípio possui ácido gamalinolênico, um lipídio que regula a produção de prostaglandinas anti-inflamatórias que auxiliam na aplicação de hormônios sexuais estrogênio e progesterona. Essa modulação hormonal pode ajudar a reduzir os fogachos no período da menopausa, além de otimizar a absorção de cálcio pelo intestino e sua deposição óssea. O uso de óleo de prímula também é indicado para normalização e rejuvenescimento de peles sensíveis e delicadas, principalmente, sem tratamento de eczemas, psoríase, esclerose, hiperqueratose e envelhecimento cutâneo.

A FDC mantém o óleo de prímula 500mg com alta concentração de graxos por cápsula e prensado a frio, o que garante a eficácia dos nutrientes para otimizar seus benefícios na manutenção da saúde feminina. CLIQUE AQUI e confira mais informações sobre o produto

Referências 

DIAS, IM Menopausa. Rev. Bras. Odontol. 69, n. 1, p. 6-7, jan. 2012.

GUERRA, TRB et al. Consumo de fitoestrógeno de linha e níveis lipídicos na menopausa: o que há de evidência ?. Revista de Atenção à Saúde , v. 14, n. 49, p. 92-97, jul. 2016.

FIGUEIREDO, AL et al. Menopausa: conceito e tratamentos alopáticos, fitoterápicos e homeopáticos. Ciência e Cultura - Revista Científica Multidisciplinar do Centro Universitário da FEB , v. 7, n. 2 de novembro 2011.

MENDES, NA et al. Alterações fisiológicas relacionadas à síndrome da tensão pré-menstrual na vida da mulher. Id na linha Rev. Psic, v. 10, n. 33, p. 1-9, jan. 2017.

MAHBOUBI, M. Óleo de prímula (Oenothera biennis) no tratamento de doenças femininas. J Menopausal Med. , v. 25, n. 2, p. 74-82, ago. 2019.