Quando tomar Picolinato de Cromo? FDC Vitaminas

Quando tomar picolinato de cromo?

O picolinato de cromo é um suplemento nutricional que pode ser utilizado como adjuvante no tratamento do diabetes ou da resistência à insulina, pois possui o ácido picolínico e o cromo na sua composição. 

Ele é indicado em caso de carência de cromo no organismo.

Continue lendo o conteúdo e saiba mais sobre o picolinato de cromo e como tomá-lo. 

O que é e para que serve o picolinato de cromo

Durante um longo período, o picolinato de cromo tem sido objeto de estudo, especialmente devido ao seu impacto na regulação da insulina e na capacidade de influenciar a forma como o corpo processa carboidratos, gorduras e proteínas.

Esse mineral tem um importante destaque com relação ao funcionamento do corpo e, quando tomado como suplemento, pode ser utilizado para diversos propósitos, como o tratamento de condições como diabetes, obesidade, problemas de colesterol, além de contribuir para o desempenho físico durante atividades físicas.

Estudos e pesquisas têm associado o picolinato de cromo ao metabolismo de carboidratos, proteínas e gorduras, demonstrando sua importância no controle de várias doenças.

Alimentos como oleaginosas, cogumelos, carne, cereais integrais, vegetais, peixes, ovos e diversos outros contêm quantidades variadas desse mineral.

O uso do picolinato de cromo, quando orientado por profissionais de saúde, pode ser benéfico para promover um estilo de vida mais saudável e ajudar na prevenção de doenças.

Picolinato de cromo emagrece?

O picolinato de cromo contribui para a perda de peso ao reduzir o apetite e os impulsos alimentares, levando a uma ingestão menor de calorias diárias. 

Assim, o seu uso como suplemento pode ser útil na busca por reduzir a gordura corporal e potencialmente aumentar a massa muscular.

Porém, este suplemento é um auxílio no processo de emagrecimento, não sendo uma solução isolada. Para perder peso, é fundamental combinar a suplementação com exercícios regulares e uma dieta saudável e equilibrada.

Além disso, é recomendável utilizar o picolinato de cromo sob orientação de um médico ou nutricionista, pois eles podem determinar as doses ideais e oferecer outras estratégias para ajudar o indivíduo a alcançar seus objetivos de forma mais eficaz.

Benefícios do picolinato de cromo 

Alguns estudos já demonstraram que esse suplemento possui diversos benefícios para a saúde, como por exemplo:

* Atua na regulação dos níveis de glicose no sangue;

* Auxilia no tratamento do diabetes ou resistência à insulina;

* Regula os níveis de colesterol ruim e triglicerídeos;

* Previne doenças cardiovasculares;

* Melhora o metabolismo de proteínas, carboidratos e gorduras;

* Auxilia no ganho de massa muscular.

Além disso, esse suplemento pode ajudar a diminuir o apetite e a compulsão alimentar, podendo favorecer a perda de peso, associado à prática de exercícios físicos e a uma dieta balanceada.

Qual o melhor horário para tomar picolinato de cromo?

O horário em que se toma o picolinato de cromo pode ter um impacto significativo nos resultados que se busca alcançar. 

Por isso, esse suplemento pode ser melhor aproveitado quando tomado em momentos estratégicos do dia.

Primeiramente, é preciso ter em mente que cada indivíduo tem uma rotina única e necessidades distintas. Contudo, existem algumas sugestões gerais sobre o momento mais apropriado para consumir o picolinato de cromo.

Para muitas pessoas, tomar o suplemento durante as refeições principais pode ser benéfico. Isso ocorre porque o picolinato de cromo tem sido associado à regulação dos níveis de glicose no sangue, o que pode ajudar a controlar os desejos por alimentos açucarados e a estabilizar os picos de insulina após as refeições. Assim, tomá-lo antes ou durante o café da manhã, almoço e jantar pode potencializar seus efeitos.

Se o objetivo for controlar os desejos por doces ou regular a compulsão alimentar durante a tarde ou à noite, considera-se que tomar o picolinato de cromo algumas horas após o almoço ou antes do lanche da tarde pode ser estrategicamente útil. Isso pode ajudar a reduzir a vontade por alimentos açucarados, contribuindo para escolhas mais saudáveis durante esses momentos.

Além disso, para aqueles que buscam maximizar os efeitos do suplemento no auxílio à perda de peso, algumas evidências sugerem que tomar o picolinato de cromo antes do exercício pode potencializar a queima de gordura. Isso porque o cromo está ligado ao metabolismo de carboidratos e gorduras, podendo ajudar na utilização mais eficiente desses substratos durante a atividade física.

No entanto, é importante ressaltar que a eficácia do picolinato de cromo pode variar de pessoa para pessoa, e a consulta a um profissional de saúde é essencial, já que fatores como condições de saúde, medicações em uso e outras variáveis individuais podem influenciar a resposta ao suplemento e determinar o melhor horário e dosagem para cada caso específico.

O Picolinato de Cromo da FDC é uma excelente opção para quem busca uma suplementação concentrada e eficiente. 

Com uma cápsula contendo 200mcg, oferece uma dosagem adequada para potencializar os benefícios desse mineral. 

Sua apresentação também se destaca pela maior biodisponibilidade do cromo, o que significa que o corpo consegue absorver e utilizar o nutriente de maneira mais eficaz. 

Essa alta concentração aliada à melhor absorção torna o suplemento da FDC uma escolha atrativa para quem busca maximizar os efeitos do picolinato de cromo no dia a dia, especialmente quando tomado nos horários estratégicos.



Referências:

1. Mertz W. Chromium occurrence and function in biological systems. Physiol Rev 1969;49:163-239.

2. Clarkson PM. Effects of exercise on chromium levels: Is supplementation re- quired? Sports Med 1997;23:341-9.

3. Zima T, Mestek O, Tesar V, Tesarova P, Nemecek K, Zak A, et al. Chromium levels in patients with internal diseases. Biochem Mol Biol Int 1998;46:365-74.

4. Chowdhury S, Pandit K, Roychowdury P, Bhattachary A. Role of chromium in human metabolism, with special reference to type 2 diabetes. JAPI 2003;51: 701-5.

5. Evans GW, Bowman TD. Chromium picolinate increases membrane fluidity and rate of insulin internalization. J Inorg Biochem 1992;46:243-50.

6. Vincent JB. Relationship between glucose tolerance factor and low-molecular weight chromium-binding substance. J Nutr 1994;124:117-9.

7. Vincent JB. Mechanisms of chromium action: low-molecular-weight chromium- binding substance. J Am Coll Nutr 1999;18:6-12.

8. Vincent JB. The biochemistry of chromium. J Nutr 2000;130:715-

ColesterolColesterol hdlDiabetesDocesExcelência em suplementaçãoMineraisObesidadePicolinato de chromoPicolinato de cromoProduto fdcQualidade de vidaSaúdeSuplementoSuplementos

Deixe um comentário